sexta-feira, 2 de junho de 2017

'Gazeta do Povo' publica última versão impressa e se torna primeira plataforma 'mobile first' da América Latina


Fundada em 1919, a Gazeta do Povo publicou nesta quarta-feira, 31, sua última versãoo impressa, que abre caminho para uma nova etapa do maior diário do Paraná. Após parceria firmada com a EidosMedia, o veículo passará a ser o primeiro do América Latina com a produção voltada em primeiro lugar para aparelhos móveis. A ideia é conseguir inverter a dinâmica de arrecadação de receitas, que hoje tem nos anúncios o carro-chefe.

“A expectativa é até o fim de 2018 conseguir inverter o modelo de arrecadação e passar a faturar 70% ou 80% com assinaturas digitais”, diz Guilherme Pereira, o presidente do Grupo GRPCOM, do qual a Gazeta do Povo faz parte. A análise do mercado global de comunicação deu confiança aos executivos para tomar a decisão.

“Três anos atrás nosso pensamento era apenas o de cortar custos. Mas vimos o exemplo do Independent, que há um ano e meio abandonou o impresso e focou na plataforma digital. Um report do New York Times também foi levado em conta, porque o modelo de negócios dele é o que a gente quer implementar. Eles mantém o papel e a publicidade, mas a maior parte das receitas vem do paywall”, explica Pereira.

A aposta nos aparelhos móveis tem a ver com estratégia e inovação. “Somos a primeira plataforma da América Latina a recriar o jornalismo de impacto e pensar no mobile se adaptando ao desktop em todo o processo de confecção da notícia", diz Ana Amélia Filizola, diretora da Unidade de Jornais do Grupo GRPCOM. Assim, inverte-se a lógica de adaptar a versão online do desktop para os aparelhos móveis.

A empresa afirma que investiu R$ 23 milhões em tecnologia e firmou parceria com a EidosMedia, companhia de matriz italiana que presta serviço para veículos como The Wall Street Journal, Financial Times, Le Monde, Le Figarro e Corriere della Sera. “A nossa expectativa ? grande porque parte de uma ideia mais arrojada do que nossos outros clientes. O Grupo GRPCOM tem mentalidade de startup”, afirma Jeancarlo Nesto, representante da EidosMedia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário